GIGANTE Pela Própria Natureza!
Uma mistureba sem fim!!! O seu blog sobre TUDO e NADA ao mesmo tempo! Seja muito bem vindo!!!!

TRADUTOR!

PESQUISE NO MASSAROCCA!

terça-feira, 7 de junho de 2011

[ESPORTES OLIMPICOS] É Bronze Brasil... Me preparando para Londres 2012 ! [2]





Vamos seguir com nossa maratona esportiva!!!

VÔLEI:  Esse final de semana o Brasil jogou contra a Polônia pela segunda rodada da Liga Mundial de Vôlei masculino. No primeiro jogo o placar foi de 3x0 e no segundo 3x1, ambos com vitória brasileira. A Polônia jogou muito bem, Bartman, oriundo do volei de praia, segue cada vez mais jogando melhor, mas o destaque dos jogos foi Kurek, o melhor jogador nas duas partidas. Pelo lado do Brasil, Giba evoluiu da semana passada pra essa e Gustavo continua devendo... Por outro lado, Bruno segue como um levantador irregular e Wallace e JP Bravo seguem conseguindo seu espaço. O adversário da próxima semana é os EUA. Stanley e cia devem complicar bastante a vida do Brasil.

TÊNIS: O campeão de Rolland Garros foi o espanhol Rafael Nadal, tudo porque Federer não consegue encaixar o jogo com ele. É impressionante! Depois do grande jogo contra Djoko, Federer merecia ser o campeão do Torneio. Esbarrou no forte saque do espanhol. O que queria ressaltar aqui é que o grande jogo de Rolland Garros foi mesmo a semi entre Djoko e Federer. Esse vai ser o jogo desse Torneio em 2011 que ficará para história.

TÊNIS 2: Começou o primeiro torneio na grama da Temporada. O brasileiro Bellucci se classificou para a segunda rodada, após uma dura vitória (ele quase perdeu o jogo por 2 a 0) e segue na competição. No torneio de duplas, o brasileiro que fez dupla com André Sá, já foi eliminado... Dessa vez o algoz foi o espanhol Rafael Nadal! #eujásabia.

GINÁSTICA:  A primeira Etapa do circuito Caixa 2001 foi realizada nesse final de semana. Daniele Hypolito confirmou a boa fase e ficou em primeiro lugar no Geral. A boa noticia é que Daiane dos Santos, que se apresentou razoavelmente bem, foi reconvocada para seleção. Já as más notícias são várias: Laís Souza não competiu pois voltou a sentir dores e está definitivamente fora da seleção em 2011. Jade Barbosa se apresentou muito mal em todos os aparelhos e continuando assim, suas notas farão falta no Mundial Classificatório pra Londres 2012, Ana Claudia  se contundiu novamente... Ou seja, a situação do Brasil pra brigar por uma das oito vagas por equipes no pré-olímpico é dramática!

GINÁSTICA 2: Já pelo  masculino as notícias são mais animadoras. Sasaqui superou Diego Hypólito e é, hoje, o ginasta mais completo que o país possui. Isso somado as grandes provas de solo e salto do Diego, da regularidade do Zanetti e do Victor Rosa, faz com que todos fiquemos otimistas para a inédita classificação da equipe inteira de ginástica masculina do Brasil para os Jogos olimpicos. Basta a equipe chegar inteira na competição pré-classificatória em outubro, livre das contusões que sempre atrapalham a equipe masculina nacional no cenário mundial.    

VOLEI DE PRAIA:  Polêmica a vista. O presidente da confederação Brasileira de volei (CBV) disse em entrevista que a partir dos jogos do Rio 2016, as vagas nacionais  para as olimpiadas serão do País e não mais das duplas de atletas melhores rainkiadas. Ele disse que os melhores jogadores irão se reunir em torno de quatro meses antes do início dos Jogos para iniciar os treinamentos em suas duas olímpicas. Na mesma entrevista, o presidente não poupou críticas a jogadora Juliana, que nos jogos olímpicos de Pequim, mesmo contundida, só abriu mão da vaga para uma nova jogadora, as vésperas do ínicio dos jogos... Será que isso vai dar certo? Acho que não.

JUDÔ: Essa semana tivemos mais duas etapas da copa do mundo de Judô, que soma pontos para o rainking que selecionará os judocas para as olimpiadas do ano que vem. Foram duas de bronze no Masculino (Leonardo Leite e walter Santos) na etapa de Madri e mais duas no feminino, na etapa de Bucareste. Um bronze com Taciana Lima e o melhor resultado de todos esses, um OURO com Ketleyn Qaudros, medalhista de bronze em Pequim.

NATAÇÃO:  O campeão olimpico e Mundial, Cesar Ciello deu, pelo menos, duas declarações polêmicas em suas últimas entrevistas. A primeira delas quando questionado sobre a derrota no Troféu Maria Lenk em abril desse ano,  o atleta disparou: "Sou campeão olímpico e não tenho de dar lição em campeão de Maria Lenk". E sobre a participação da natação brasileira em Londres 2012, o nadador se mostrou pessimista: "O Brasil não está preparado pra 2012". Acho que no fim, ele pensa como eu: É bronze, Brasil! E tá ótimo!  

BASQUETE:  A nova piada no Flamengo: Eles querem contratar Leandrinho para o NBB temporada 2011/2012! Sonhar é de graça mesmo né? rsrsrs

Se quiser saber sobre algum esporte especifico é só avisar que eu pesquiso!

FIQUE LIGADO ESSA SEMANA: Finais da NBA, Brasil X EUA pela Liga Mundial, torneio de Tênis Queens, Torneio Montreux de Volei Feminino, Grande Prêmio de Montreal de F1.

E nunca se esqueça: É bronze Brasil!!! A cada quatro anos é isso!

[TV] Critica: O Último Passageiro.



Vejo muita pouca coisa em TV aberta hoje em dia. Basicamente, minha TV fica variando entre canais de esportes e filmes. Contudo, na TV aberta, um dos poucos programas que gosto de ver é esse: O Último Passageiro.

Acredito que muita gente desconheça o programa, portanto vou passar uma rápida ficha sobre a atração. O programa, que é um formato da Endemol (Big Brother Brasil), é apresentado pelo ator (e agora apresentador) Mário Frias (ex-Malhação), e exibido todos os domingos às 20h (antes do Pânico na TV) pela RedeTv! sendo ainda reprisado aos sábados às 19h.

O programa é uma mistura de "Passa ou Repassa" (SBT)  com "Curtindo uma viagem" (SBT) com algo a mais. E que faz toda a diferença! 

São três escolas disputando viagens para comemorar a formatura. O objetivo é colocar todos os membros participantes da equipe da escola (passageiros) dentro do ônibus,  que é o símbolo da viagem. Mas eu disse TODOS! E quem conseguir isso é o vencedor. 

A primeira parte do programa é formada por diversas provas, algumas criativas, outras nem tantos; umas originais, outras nem tanto; umas empolgantes, outra nem tanto... Cada participante dessas provas tem estampado na sua camisa a quantidade de passageiros que ele vale. Se tiver três rostos na camisa, significa que o participante vale três passageiros e ele vencendo a prova, faz com que embarquem esse número de pessoas (ele e mais duas) no ônibus.

Depois de algumas dessas provas, começa a segunda parte do programa. "A prova de Esteira". É uma prova bem simples, que começa a partir do número de participantes restantes de cada equipe (passageiros que ainda faltam embarcar) perfilados em três esteiras na ordem que a equipe definir. A prova consiste em uma maratona de perguntas e respostas (com níveis bem variados de perguntas, algumas poucas difícies e outras ridicularmente facies). Se a pessoa acertar, ela embarca no ônibus e a pessoa seguinte da sua equipe terá que responser a próxima pergunta. Se errar, dá chance para a equipe seguinte. Isso ocorre até que uma das três equipes participantes chegue ao ÚLTIMO PASSAGEIRO. Nesse momento, começa a última parte do programa.

Observe que na primeira parte o fator habilidade é decisivo, na segunda parte apenas o conhecimento. Já a última parte, o fator sorte é quem decide. Tudo isso envolve em adolescentes com emoções a flor da pele. rs 

A equipe que chega ao último passageiro tem que escolher uma entre duas chaves para ligar o carro, dessa forma a chance de sucesso é 50%. As outras equipes tem a quantidade de passageiros que faltavam pra embarcar no ônibus (que necessariamente é mais que um, e portanto são mais que duas chaves) mais uma chave para escolher. Dessa forma, uma equipe que deixou de embarcar dez passageiros, terá que escolher uma chave entre onze para ligar o carro.

Muita gente diz que o programa é injusto porque a equipe que venceu toda a competição pode perder no fim. Discordo. A equipe que vence as primeiras etapas e chega ao último passageiro ganha a vantagem  de ter maior chance de escolher a chave correta! Afinal é uma entre duas. Se escolher a chave errada, a chance passa para a outra equipe. Questão de sorte... ou azar! Afinal o objetivo do programa é embarcar o último passageiro (e não chegar ao útlimo).

O melhor do programa é exatamente isso. Um time que tem que escolher uma entre duas chaves pode escolher a chave errada e perder. Em compensação um time que tem onze chaves pode escolher a chave correta! Desse jeito, o programa prende o telespectador do início ao fim.

A audiência gira em torno de 3 pontos de média, o que pra emissora não é ruim. Mas merecia uma audiência melhor, tendo em vista que é um bom programa e a apresentação de Mario Frias não compromete. Se fosse na Globo daria no minino 15 pontos de audiência. Certeza!

Deixo como opção de entretenimento pra vocês aos domingos, especialmente pra quem não tem TV por assinatura e tem que escolher entre: Gugu ou Faustão. #tenso.         


[CINEMA] Critica: X-MEN: Primeira Classe (X-Men: First Class)



Fui no cinema assistir o novo filme da Saga dos Mutantes mais famosos do mundo (fãs de HEROES que me desculpem, mas falo dos X-Men mesmo) somente por minha velha e assumida paixão por quadrinhos da Marvel... Já que o último filme da franquia não me agradou.

Mas ainda bem que  fui assistir! X-Men Primeira Classe (X-Men: First Class, EUA 2011) empolga! E muito.

Primeiro de tudo, os roteiristas tiveram a grande sacada de criar um roteiro em cima de fatos reais. Ok, na verdade eles jogaram alguns poucos fatos reais em cima do roteiro, mas ficou muito bem construído, afinal  eles usaram elementos da história mundial pós Segunda Guerra Mundial e Guerra Fria como pano de fundo pra justificar a história do filme. Segundo motivo, um filme com assinatura de Bryan Singer (Smallville e X-Men) certamente teria um roteiro humanizado e bem escrito, e mais uma vez, ele não decepcionou.

O filme mostra o épico início da Saga. Ali, Magneto, em ótima atuação de Michael Fassbender (Bastardos Inglórios), que ainda não se chama magneto e sim Eric Lehnsher, é apenas alguém que não sabe controlar seu ódio, alguém poderoso que não sabe controlar seu ódio - e nem seus poderes. Por sua vez, Professor X (James McAvoy) é muito menos cult e sério que conhecemos (o que é ótimo). Os dois são amigos, se respeitam e até, veja a ironia, estão do mesmo lado na batalha, mesmo com o posicionamento em relação aos humanos sendo bem diferente: Magneto não confia nos humanos. E tem seus motivos pra isso.

Em X-Men Primeira Classe, o grande vilão é Kebin Bacon, como Sebastian Shaw. E essa é a outra grande sacada do filme! O embate de mentalidades de Magneto e Professor X a respeito dos humanos já seria suficientes para criar um ótimo roteiro para contar a origem dos mutantes e das alianças. Mas o filme vai além. Trás a cena um vilão mutante blindado por outros (conhecidos) mutantes, que quer dominar o mundo.  Parece clichê (e é), mas o resultado é muito bom.

O filme cresce, timidamente, exatamente quando os mutantes são revelados para o Governo Americano. A Fera (Nicolas Hoult), que nesse momento ainda é um jovem envergonhado pelos seus pés grandes, cria um aparelho para detectar outros mutantes espalhados pelo mundo. E com a ajuda de Professor X surgem em cena:  Destrutor (Lucas Till), Banshee (Caleb Landry Jones), Darwin (Edi Gathegi) e Angel (Zoe Kravitz).

Quando Shaw e seus comparsas atacam a sede do governo onde esse novo grupo de jovens mutantes estão hospedados para estudo e treinamento, o filme dá uma nova - e empolgante - reviravolta. Charles Xavier leva o grupo para o famoso local onde treina e desenvolve os poderes dos mutantes. Desse forma, e prontos pra impedir a Terceira Guerra Mundial, os agora treinados mutantes liderados por Professor X e Magneto partem para a Grande batalha contra Shaw.

Mas o filme não acaba aí... Como em toda a franquia "X-Men" existe a batalha entre os mutantes serem ou não aceitos pela humanidade, e lógico que em "primeira Classe" isso não ficaria de fora!

Aos poucos o filme explica vários aspectos históricos da saga: Como Professor X ficou paraplégico? Como Fera passou a ter aquela anotomia abominável? Como foi a criação dos feios uniformes? Como as alianças foram formadas? Porque Magneto e Professor X se afastaram?

O filme agrada não só os fãs dos quadrinhos de X-Men (ainda mais depois do desastre do último filme da franquia), com um bom texto, com bom elenco, um roteiro cheio de reviravoltas, efeitos especiais, ação e uma coisa que está cada vez mais frequente em filmes de super-heróis: humanização dos personagens, o novo filme sobre mutantes agrada a qualquer um!

Não posso terminar sem deixar de citar a atuação crescente de Jennifer Lawrence como Mistica e a participação hilária de "Wolverine" em uma única cena!

Uma última nota: No Brasil, o filme  desbancou Piratas do Karibe 4, e nos EUA a bilheteria surpreendeu as expectativas.


Enfim os fãs de X-Men e/ou de filmes de ação podem ir aos cinemas tranquilos. O ingresso vale a pena!





SIGA O MASSAROCCA POR EMAIL

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...